Japamala Marrom-Castor Importado da Índia - Franja Azul

  • R$48,00
  • Pontos necessários: 4800
  • Modelo: Diversos
  • Pontos: 48
  • Disponibilidade: Indisponível no momento

Japamala (Japa = repetição, Mala = cordão ou colar) é um cordão de contas usado para nos auxiliar nas orações, na concentração e no relaxamento. É também um lindo enfeite para pessoas místicas, elegantes e de bem com a vida... No Ocidente é conhecido como rosário e entre os árabes, másbaha. É objeto de devoção, e também um instrumento mágico, pois, dependendo do produto usado, interfere no..

Etiquetas: japamala, meditacao, oracao, devocao, india, ioga, yoga, oriente mistico, rudraksha, 108, contas, colar, buda, masbaha, oracao, devocao

Japamala (Japa = repetição, Mala = cordão ou colar) é um cordão de contas usado para nos auxiliar nas orações, na concentração e no relaxamento. É também um lindo enfeite para pessoas místicas, elegantes e de bem com a vida...

No Ocidente é conhecido como rosário e entre os árabes, másbaha. É objeto de devoção, e também um instrumento mágico, pois, dependendo do produto usado, interfere no campo áurico do praticante.

Este japamala importado da Índia é feito com a famosa "madeira da chuva", muito usada na confecção de japamalas, estatuetas etc. Esta árvore é considerada sagrada no Oriente, portanto, seu elemental pode ser invocado para proteção, harmonia e purificação.

Portanto, manipular por meio da oração este japamala é também uma forma de purificar o usuário com o fogo elemental (pois esta árvore pertence ao Raio do Fogo).

Se colocado em um ambiente (quarto, sala de meditação etc.), purifica o ambiente com sua energia sagrada.


O número de 108 contas representa um grande mistério esotérico. Sidarta Gautama, o Buda, caminhava sempre com seu japamala de 108 contas, o Senhor Vishnu possui 108 poderes divinos, O Livro de Enoque é composto de 108 capítulos...

Japamala contendo 108 contas.
Franja azul de seda.
Comprimento: 35 cm
Confeccionado em "madeira da chuva"

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.